quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Suas escolhas, suas colheitas



Olá leitor!

Sabemos que o mundo com as pessoas estão a cada dia mais diferentes, cada pessoa com suas criação e verdade de valores. Essas diferenças pesam para a convivência em sociedade. O que esperar das crianças, dos jovens e dos adultos desconhecidos?.
Muitos filhos bem criados, encontram-se despreparados para enfrentar este mundo confuso e com valores invertidos, mas afinal? O que são valores corretos? Seria no mínimo pessoas agirem com respeito ao próximo, visando a bondade, harmonia, carisma, ajuda e compaixão em todos os aspectos.
Independente de religião, nunca vi um mundo tão cruel, tão desumano e por qual motivo a religião não ajuda essas pessoas? Talvez eu possa responder: pelo mesmo motivo de sempre, a religião só muda quem aprecia a mudança e se a religião não te faz ser uma boa pessoa, por favor, não denegria quem acredita e espera de você boas atitudes!
Seria muito bom para todos que independente do que seu próximo fizesse de mal, retribuísse agindo do modo certo, afastando-se das melancolias e mais perto da razão inteligente. Seria um impacto ao mundo se a grande maioria abraçassem a causa.

O que quero dizer é que não se conserta um erro com outro dois erros. A vingança e demais sentimentos erróneos que a ira nos trazem, nos afastam do equilíbrio que nos fazem bem. Das colheitas boas que iremos perder se permanecermos com a alma pesada. Pare por um instante e reflita se, em algum momento vingar-se ou pagar o mal com o mal deu certo? Ou foi frustrante, cansativo e mais doloroso?
Vale muitas vezes sacrificar sua opinião em prol da paz, você é o único responsável pela "sua paz" e lembre-se, os pequenos problemas que hoje parecem grandes, irão passar. O dia do amanhã não nos pertence, basta cada dia para o seu próprio mal e quem planta coisas ruins, recebe na mesma medida.
Escolha amar, abençoar, perdoar e jamais fale do seu próximo, pois você fere ao nosso criador quando o faz! 
           Deus te abençoe!


Postar um comentário